Homem joga saco de galinhas envenenadas em calçada da Prefeitura

O fato inusitado aconteceu nesta sexta, 05/04 por volta das 08:30 min

Por Portalburiti.com 05/04/2019 - 11:15 hs
Foto: Portalburiti
Homem joga saco de galinhas envenenadas em calçada da Prefeitura
Saco com as galinhas envenenadas

Hoje um fato revoltante aconteceu no complexo administrativo municipal de Buriti dos Montes, um cidadão, identificado por Orlando Vilela de Araújo, "entregou" na sede do poder executivo municipal um saco cheio de galinhas mortas, como protesto ou ofensa direta, a podridão e a atitude desrespeitosa, magoaram em muito aos servidores que chegavam para trabalhar no complexo e os populares que fazem uso dos serviços prestados pela prefeitura municipal naquele recinto.

Se o objetivo era protestar, o local escolhido foi impróprio e a forma escolhida mais imprópria ainda de quem se intitula um "líder politico". A companhia de policia militar de São Miguel do tapuio e o GPM de Buriti dos Montes já foram contactados por telefone pela prefeitura municipal acerca do caso, bem como será instaurado procedimento junto a policia civil em Castelo do Piauí e informado ao ministério público do estado também em castelo.

Atitudes desta natureza atentam contra as normas primordiais da sociedade, do respeito, da cordialidade, da moralidade, bem como ofendem normas legais previstas no ordenamento jurídico pátrio.

A entrega dos "restos mortais de galinhas infectadas" a um servidor público em serviço (vigia do prédio) por exemplo, configura-se crime previsto no código penal brasileiro em seu artigo 331 e gera pena de reclusão de seis meses a um ano ou multa.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Buriti dos Montes

Edição:Portalburiti.com


Atualizada

Nota de esclarecimento:

Orlando Vilela de Araújo, por meio de seu advogado, vem a público dizer que em 

nenhum momento desacatou funcionário público nem quis afrontar o poder público municipal. 

A entrega do referido saco na prefeitura municipal de Buriti dos Montes é apenas uma 

parte de uma cadeia de acontecimentos que vinham se desenrolando há dois dias. Iniciando 

com a morte de algumas galinhas em seu quintal, com suspeita de envenenamento.

O Sr. Orlando procurou os responsáveis pela saúde e zoonoses do município para 

tomarem as devidas providências. Um funcionário do município chegou a visitar sua residência 

e colheu material para exames, mas não houve recolhimento das aves para adequada 

destinação. 

Hoje, um de seus cães morreu após ter comido parte de uma das galinhas, o que 

preocupou ainda mais o Sr. Orlando, que temendo que mais animais viessem a óbito, não fez o 

descarte das aves por sua conta, tendo as levado para a sede da prefeitura, já que não houve 

iniciativa do poder público, para pedir que alguém se responsabilizasse pelo descarte das aves, 

entregando-as para o vigilante de plantão na prefeitura, na presença do vigilante da Escola Tia 

Deca, que em nenhum momento se opôs a receber o referido saco.

Fica surpreso por tamanha repercussão, inclusive com a mobilização de um grande 

efetivo policial, acionado pelo município, que por duas vezes estiveram em sua residência, onde 

estavam apenas sua esposa e seu filho, o que causou muita preocupação à família. Acredita que 

por se tratar de opositor à atual gestão e por ter concorrido contra o atual prefeito nas ultimas 

eleições, o fato foi destorcido em seu desfavor, pelo gestor e pela imprensa local, para manchar 

sua imagem perante a população e por que não, perante o judiciário, onde é ficha limpa.

Por fim, como bom cidadão e cumpridor de seus deveres legais, caso seja intimado sobre

qualquer procedimento policial ou judiciário, irá comparecer e prestar os devidos 

esclarecimentos. Analisa ainda processar o município por danos morais.

Alan Jhaime Soares

Advogado


Nós do portalburiti.com em momento algum tentamos ludibriar o fato ocorrido, não utilizamos em nenhum momento abraçamos causa de A ou B, apenas postamos o fato ocorrido. Mas aceitamos plenamente a colocação da segunda parte.